quarta-feira, 28 de janeiro de 2009


Versos de solidão

“Eu nasci para ser poeta
foi Jesus que me ensinou
Mas aqui em cima da terra
Nunca tive professor”.


“Eu quero que todos saibam
que nasci para ser assim
das coisas que acontece
De tudo faço um versin’”.

Josefa Genebrina- 79 anos

Um comentário:

Emerson Donizeti Batista disse...

Lindo! Adoro esse ritmo do repente nordestino.