sábado, 8 de agosto de 2009


Desistência

Procurei no dicionário.
Não achei sentido
para o tempo que passou.

Lívio Oliveira in Telha crua

7 comentários:

Lívio Oliveira disse...

Muito grato, minha amiga, pelo acolhimento em seu espaço.

Abração!

daufen bach. disse...

perfeito, belo poema!
parabéns a ti pela postagem
e parabéns ao Lívio.
Grande inspiração.

abraço a ti e tenha uma linda semana!

daufen bach.

guru martins disse...

...mas achou
uma bela maneira
de dar sentido
ao tempo
que se tem...

bj

Maria José Mamede disse...

Prezada EME,

Encanto-me
com seus encantos.

Mjosé.

Maria José Mamede disse...

Prezada EME,

Encanto-me
com seus encantos.

Mjosé.

Mulher na Janela disse...

grande Lívio...que poemas nos fazem mais humanos...

beijos...

José Carlos Brandão disse...

Do tempo o único sentido
é a poesia que dá.

Falou, ó Lívio Oliveira.